Suporte: Falhas em círculos

Problemas no usinagem de formas circulares

O problema

  • Peças ou formas circulares resultam em peças ovais ou oblongas
  • Formas circulares ou elipticas fora de centro
  • Traçados de quinas ou intersecções com formato irregular

    O trabalho de uma router envolve bastante vibração, e isto pode resultar em folgas nos parafusos da máquina, que por sua vez geram imperfeições nos trabalhos. Outra situação que gera folgas nos eixos é a tentativa (ou acidente) em se mover um eixo para além de seu limite, o que causa pressão além do tolerado das peças que garantem a precisão da máquina.

    A imagem abaixo demonstra o resultado em uma gravação de 4cm de comprimento, utilizando uma fresa angulada, com uma máquina que já apresenta diversas folgas.



    Note a série de imperfeições nos traços retos, nas junções (quinas) e também nas curvas.


    1. Folgas nos eixos

    A principal causa de falhas no desenho de círculos é a presença de folgas nos eixos X ou Y.
    Para localizar eventuais folgas, force levemente o movimento os carros X e Y conforme as imagens abaixo.


    Localizando folgas no eixo X



    Localizando folgas no eixo Y


    Nos testes acima você não deve notar nenhum tipo de folga. Mas, se perceber que o carro apresenta alguma folga, comece localizando se a folga se encontra nos mancais dos eixos trapezoidais.

    Examine os parafusos de fixação lateral e os dois pequenos parafusos que fixam o eixo no mancal.


    Pontos de folgas nos mancais


    2. Folgas na estrutura

    Folgas nos perfís de aluminio que compoem a estrutura também podem causar imperfeições nos trabalhos.
    Examine os parafusos da estrutura e dos carros em busca de folgas ou parafusos com pouco aperto.

    3. Folgas nos blocos anti-folga.

    Na parte posterior dos espelhos X, Y e Z há uma castanha anti-folga que eventualmente precisa ser ajustada.


    A função deste componente é evitar que haja alguma folga no deslocamento das bandejas quando os fusos se movimentam.
    Note através da imagem anterior que o ajuste é feito com um pequeno parafuso. Na imagem o parafuso está permitindo uma ampla folga, o que deve ser evitado através de um aperto neste mesmo parafuso, de modo que sua ponta toque o lado oposto do componente.

    1. Comece desapertando a porca;
    2. Em seguida, com ajuda de uma chave Allen, aperte o parafuso
    Este aperto deve ser leve o suficiente para que a folga seja eliminada, mas não o bastante para travar o movimento do eixo.
    Para testar se o aperto não foi exagerado, gire o fuso com as mãos para se certificar que o movimento não ficou muito endurecido. Caso esteja, afrouxe levemente o parafuso.